Blog

Conheça tudo sobre a estrutura de um armazém Autoportante

19 de dezembro de 2019
Um projeto de armazenagem que garante a máxima rentabilidade no espaço inserido.

O que é uma estrutura Autoportante?

Um projeto autoportante é uma solução de fechamento do armazém após a montagem de sua estrutura – seja ela Porta Paletes, Drive In, Transelevadores, entre outros sistemas –, ou seja, essa montagem acontece de dentro para fora, facilitando o seu desenvolvimento.

Durante o procedimento de sua construção, apresenta diferenciais como a estrutura, que pode ser construída por partes, apoiada na base de um piso pré-construído, assim como as laterais e coberturas, ou dispensando totalmente o uso de alvenaria.

Além disso, a estrutura autoportante é uma solução de engenharia de alta performance, para suportar grandes cargas e alturas com aproveitamento máximo de espaço para armazenar qualquer tipo de mercadoria que a empresa necessite. Além de proporcionar proteção e garantia de segurança aos itens armazenados diante de adversidades climáticas.

Vale lembrar que a estrutura de um armazém autoportante é muito flexível e à medida que as necessidades de armazenamento da empresa crescem, pode ser adaptada para ampliar o espaço.

O autoportante ainda pode ser desenvolvido para armazéns que necessitam de refrigeração. Diante disso, a opção por este tipo de solução não possui restrições quanto ao tipo de itens do armazém, atendendo desde o armazenamento de alimentos congelados até empresas da indústria farmacêutica.

Quais as diferenças entre um Autoportante para um armazém tradicional?

O Sistema de armazenamento autoportante, reduz a necessidade de etapas comuns dentro da construção civil de um armazém tradicional. Em relação a isso, saiba como se dá o processo de construção de ambos os armazéns, tendo em vista alguns pontos cruciais no desenvolvimento.

No armazém convencional, a construção é feita de acordo com o seguinte cronograma:

Primeiramente, é feita a terraplanagem, após sua conclusão, inicia-se o processo de fundações; em seguida, é construída a estrutura convencional. Concluído este processo, é feito o telhado, as paredes e o piso (nesta respectiva ordem) e, só então é construída a estrutura de armazenagem e a infraestrutura.

A dificuldade surge porque normalmente existem limitações ao acesso de espaço na parte superior, deixando os parafusos das estruturas e dos suportes realizados sem fixação, o que dificulta o nivelamento, alinhamento, bem como aumentam os custos.

Em relação a construção de um prédio autoportante, o piso é o primeiro a ser desenvolvido e a montagem da estrutura vem em seguida. Uma vez que existe amplo espaço devido à ausência das paredes, as múltiplas estruturas são montadas em gabaritos assentados sobre suas laterais. Isso faz com que o aço de apoio, isto é, a base do autoportante, seja montado e a fixação de parafusos seja executada ao nível do chão ou próximo dele.

Após esta etapa, os módulos são colocados de pé sobre a laje com os gabaritos, garantindo o alinhamento correto para as etapas que vêm a seguir. Todo este processo minimiza o tempo necessário para a conclusão do nivelamento da estrutura autoportante durante a montagem, impactando diretamente na redução de custos e no tempo de construção.

Porque optar por um Autoportante?

Uma empresa que tem as suas operações baseadas no armazenamento de produtos e rotinas logísticas, busca incansavelmente por melhorias dentro de seu armazém.

Pensando nessas questões, optar por um autoportante é garantir ambientes mais organizados, melhoria de movimentação para as cargas, bem como melhor controle de materiais e gestão de estoque.

Além disso, um armazém autoportante reduz o espaço de área construída, ou seja, o terreno onde está inserido é amplamente utilizado de forma eficaz, garantindo 100% de aproveitamento por se tratar de uma solução verticalizada, isto é, se adapta a diferentes graus de automação, podendo atingir alturas de 30 ou 40 metros. O que por sua vez, otimiza e multiplica a capacidade de espaços dentro do armazém.

Projetado a partir de estratégias logísticas e conhecimento técnico, juntamente com tecnologia de alta performance, é o sistema ideal para implantação em uma empresa que busca crescimento constante e atualização de mercadorias ou ainda, tem suas operações baseadas no armazenamento de produtos que necessitam ser refrigerados e/ou congelados.

Quais as vantagens que este armazém oferece?

Um armazém autoportante oferece diversas vantagens a quem o escolhe, que vão desde a diminuição de custos à gestão estratégica de armazenamento.

Como mencionado, os custos que este sistema acarreta são bem menores em comparação aos tradicionais armazéns. Além disso, a vantagem não fica somente baseada em custos, mas também com o tempo para o desenvolvimento do armazém, isto é, com menos complexidade, a sua montagem é rápida.

Uma das principais informações em termos de ganho, é que o tempo de execução da obra é bem menor do que um armazém tradicional. Enquanto a construção de um armazém tradicional demora em torno de 12 meses, o autoportante é concluído em média 7 meses. Portanto, o cliente antecipa o ROI (Return over Investment) ou Retorno sobre Investimento.

O ROI é um indicador que, por meio dele é possível conhecer quanto dinheiro a empresa está ganhando, bem como perdendo através de seus investimentos realizados. Dessa forma, é possível comparar os investimentos que estão valendo a pena ou ainda, otimizar os que já estão dando certo, a fim de que tenham um desempenho melhor.

Diante dessas informações, o armazém autoportante é um sistema de armazenamento indicado para empresas que trabalham com operações logísticas baseadas na movimentação de paletes com média para alta rotação, onde existe um grande número de SKUs, sendo possível observar benefícios e resultados obtidos para a empresa através dessas operações.

Além disso, um armazém autoportante é desenvolvido para o armazenamento de produtos volumosos e pesados, pois há a possibilidade de diferentes graus de automação, isto é, o máximo aproveitamento de altura para adaptar em diferentes espaços, o que resulta na vantagem em armazenar variados tipos de mercadorias.

Conheça o Autoportante Bertolini

A Empresa Bertolini Sistemas de Armazenagem, desenvolve projetos de autoportantes com base nas necessidades de cada cliente. Aliada a tecnologia, mão de obra especializada, qualidade dos produtos e segurança em projetos e execuções, oferece ao mercado uma solução rentável, eficaz e de confiança.

A fim de facilitar desde a entrada de produtos até a expedição de pedidos aos clientes e durante o processo de operação dentro do armazém autoportante, podem ser utilizadas empilhadeiras convencionais, trilaterais ou todo tipo disponível no mercado.

Assim, este sistema surge como resposta às necessidades de baixo custo, foco no resultado e diminuição do tempo de início da operação. Confiável e eficiente, o autoportante Bertolini viabiliza negócios logísticos.

Voltar