Blog

Transelevador: como ele é utilizado na armazenagem e logística!

19 de setembro de 2019
O sistema Transelevalor é uma estrutura que realiza a movimentação e armazenagem automática de mercadorias paletizadas (Unit Load) ou em caixas (Miniloads), integrado ao software WMS.

O que é o sistema Transelevador?
O sistema Transelevalor é uma estrutura que realiza a movimentação e armazenagem automática de mercadorias paletizadas (Unit Load) ou em caixas (Miniloads), integrado ao software WMS.

A sua operação é realizada através de técnicas logísticas que proporcionam o melhor aproveitamento de espaço disponível em armazéns, redução de empilhadeiras e na diminuição dos erros em armazenamento. Aliado a movimentação automática, agrega positivamente no quesito custo benefício em empresas.

Suas funções permitem que as operações de entrada e saída do armazém sejam realizadas através de uma programação otimizada de software dedicado, denominado WCS, o que resulta na redução do tempo operacional, aumento de produtividade e assertividade dentro do armazém, bem como o posicionamento econômico.

Qual a diferença entre paletes e miniload?
Para o armazenamento de Paletes, a automação de operações manuais, simplifica a interação com os produtos armazenados através de sistemas computadorizados, permitindo integração ao WMS e facilitando o controle de estoques em tempo real.

A economia na operação se destaca nos custos de movimentação do estoque, na redução de empilhadeiras e na diminuição dos erros, além disso, os sistemas automatizados podem ser enclausurados, restringindo o acesso a estoques de alto valor agregado.

As principais vantagens referem-se à redução de tempo de entrega e movimentação, bem como baixa taxa de erro, disponibilidade constante de estoque e a maior eficiência de uso do espaço disponível e, tendo assim, acesso à informação em tempo real.

Já para o armazenamento de Caixas (Miniload), as instalações de separação de pedidos focadas na estratégia produto-ao-homem (good-to-person), se integram perfeitamente às atuais demandas da geração de valor através da cadeia de suprimentos.

Como é realizada a aplicação do sistema Transelevador?
Para a aplicação do sistema Transelevador, tendo em vista a captura do seu melhor resultado e eficiência, o ideal é inseri-lo em instalações de áreas de separação de pedidos, centro de distribuição, armazenagem de indústrias, bem como organização da montagem de pedidos fracionados.

Como são organizadas as operações do sistema Transelevador?
O sistema de Transelevador é organizado a partir de operações 100% automatizadas, permitindo total integração ao software WMS. Além disso, abrange a possibilidade de operação em conjunto com sistemas Flow Rack, esteiras automatizadas e Pick-by-light.

Quando se trata de movimentações dentro do processo de armazenamento, a automação inserida em cada operação manual, simplifica a interação com os produtos armazenados através do sistema computadorizado, resultando da integração ao WMS, facilitando assim o controle de estoques em tempo real.

Qual seu princípio de atuação?
Para a sua atuação, é introduzido o princípio: produto ao homem, onde o operador não se move do posto de picking e sim uma máquina leva a mercadoria até a posição onde se encontra o operador, e deixa o produto ao alcance de sua mão.

Oferecendo assim o aumento de eficiência para o armazém, assegurando, ao mesmo tempo, uma melhoria na qualidade.

Entenda como a integração do sistema WMS opera
“Warehouse Management System”, é um sistema de gerenciamento de armazém. Este sistema de software automatiza e contribui para as operações diárias dentro dos armazéns.

A sua utilização torna os processos de estocagem e expedição muito mais estratégicos, contribuindo com a eficiência dos processos de picking, controle das movimentações dentro do estoque, como recebimento à expedição. Bem como, otimiza o espaço, layout de armazenagem de mercadorias, mensuração e planejamento da área.

Além disso, reduz custos de armazenagem, mão de obra e tempo de espera.

Conheça os diferentes tipos de layout que a Bertolini trabalha
Seja para operações com paletes ou caixas, o sistema Transelevador dispõe de variadas opções em layout automatizados, agregando ainda mais valor às operações logísticas.

Conheça as formas de layout fundamentais para as operações logísticas:
Sistema automatizado de simples profundidade para paletes;
Sistema automatizado de dupla profundidade para paletes;
Sistema automatizado de simples profundidade para miniloads;
Sistema automatizado de dupla profundidade para miniloads;
Pulmão de armazenamento com picking integrados;
Pulmão de armazenamento com picking separados.

Vantagens do Transelevador Bertolini
Este sistema oferece excelente aproveitamento da área de armazenagem, contando com uma estrutura de corredores estreitos, com altura, largura e profundidade que dão a possibilidade de ajustes para as dimensões do armazém, garantindo a vantagem em aproveitamento da área de armazenagem.

Outra característica que este sistema dispõe, são suas duas formas de operação em armazenamento: paletes e caixas. Para cada uma, existem vantagens fundamentais que agregam ainda mais as operações logísticas:

Vantagens da Armazenagem automatizada de paletes e ou caixas:
O princípio “produto-ao-homem”, que reduz o tempo de acesso aos itens armazenados;
Alta densidade de armazenagem = Diminuição da área de armazenagem;
Sistemas modernos de gerenciamento de armazéns integrados a práticas organizacionais modernas, permitindo o controle permanente do estoque e alta produtividade;
Alta acessibilidade a todos os itens armazenados;
Operações automatizadas para armazenamento e retirada, permitindo o fácil manuseio de cargas, mesmo com mercadorias mais pesadas;
E o enclausuramento dos sistemas automatizados, restringindo o acesso às áreas de estoques de alto valor agregado.

Voltar